BTB Intercâmbios 

O Que Levar na Mala?

15.01.2019

Planejar um intercâmbio é uma delícia sem dúvidas! São meses da sua vida separados para, conhecer novas culturas, pessoas diferente e claro, lotar as redes sociais com várias fotos maravilhosas. Mas, a dúvida que sempre fica é... O que levar na mala? Como não lotar ela com coisas inúteis e não esquecer o que é fundamental?  Geralmente, para quem não está acostumado, fazer a mala é sempre um problema, ainda mais para viagens internacionais.

Depois de ter programado seu intercâmbio, chegou a hora de pesquisar! É preciso saber a temperatura da cidade ou país que vai visitar ou morar, para poder escolher as roupas ideias. Principalmente se você for para o hemisfério norte, por lá as estações são invertidas comparado às nossas.

Uma viagem é sinônimo de férias e descanso ou até mesmo mudança de vida - podendo chegar até mesmo de 6 ou 12 meses de transição -  em caso de intercâmbio. Para isso é preciso ter paz em todo o percurso. Foi pensando nessas ideias que separamos algumas dicas para você saber exatamente o que levar na sua aventura.

 

O QUE LEVAR NA SUA MALA DE MÃO

Malas de mão estão sempre carregadas com o que é mais importante para nós, coisas que você não quer ver ninguém jogando dentro do avião. Por isso na hora de montar a sua, recomendamos por:

OBS: É claro, sem extrapolar a quantidade permitida pela companhia aérea

- Passagem Aérea;
- Passaporte válido e cópia;
- Autorização de menor desacompanhado (para menores de idade);
- Carta de Matrícula da escola da escola onde vai estudar (quando necessário/Intercâmbios);
- Carta de Hospedagem com endereço e contato no país de destino;
- Visto (quando necessário; para saber quais destinos não precisam de visto é só clicar aqui);
- Cartão Internacional de Vacinas com as vacinas obrigatórias para o destino escolhido
  (Alguns países como Austrália, Nova Zelândia e África do Sul é obrigatório vacina febre amarela  certificado internacional);
- Cartões de crédito, Travel Card (VTM) ou dinheiro trocado;
- Assistência de Viagem Internacional – GTA (opcional);.
- Contatos da agencia que fechou o seu programa;
- Uma blusa grossa para o caso do ar condicionado do avião estar muito gelado;
- Escova de dente;
- Notebook e Câmera fotográfica.

 

DICA: Entrando novamente nas prevenções, leve sempre uma troca de roupa em sua mala/mochila de mão. Alguns imprevistos podem acontecer, e se sua mala for extraviada, você terá como se trocar por pelo menos 1 ou 2 dias, até a companhia aérea resolver seu problema.

O QUE NÃO LEVAR NA SUA MALA DE MÃO

- Perfumes, cremes, óleos, bebidas, sabonete, pasta de dentes, ou qualquer recipiente acima de 100ml;
- Desodorante aerosol (Nesse caso nem em menor quantidade, para não ficar sem o melhor a se fazer é comprar    no local da viagem);
- Objetos pontiagudos, cortantes e inflamáveis;
- Plantas e sementes;
- Alimentos (frutas, carnes e laticínios);
- Grande quantidade de remédios.

O QUE DESPACHAR NA BAGAGEM?

- Roupas em geral (fique atento ao clima do país de destino);
- Roupas de Cama (algumas hospedagens não oferecem, certifique antes do embarque);
- Roupas de banho (Toalhas);
- Roupa íntima (Recomendamos paras as mulheres que leve suficiente para todo seu período de intercâmbio. O   modelo usado no exterior é bem diferente do brasileiro, se não for possível, pesquisar bem na hora de comprar);
- Acessórios em geral (bijuterias, cintos, etc);
- Produtos de higiene pessoal (Shampoo, sabonetes, perfumes, absorventes, cremes
e etc);

- Produtos eletrônicos (Secador de cabelo, máquina de barbear, máquina de cabelo e etc);
- Remédios.*

OBS*: Na necessidade de algum remédio diário, favor levar quantidade necessária
para o período que pretende morar no exterior. Antigripais, vitamínicos ou até mesmo
antibióticos podem ser levados. Em caso de algum remédio tarja preta, tenha em mãos uma cópia da prescrição (receita) médica traduzida e leve junto aos seus documentos. Fique bem atento às formas de uso dos medicamentos no exterior.


DICA: Na hora de organizar suas roupas, coloque as mais leves dobradas como “rolinhos”, além de não deixar suas roupas amontoadas e amassadas, garantem um espaço extra na sua mala.

ATENÇÃO: Nunca, sob qualquer hipótese, despache na mala celulares, eletrônicos portáteis, dinheiro e cartões de crédito, jóias ou objetos de grande valor. A empresa aérea não se responsabiliza por furtos. Infelizmente existem quadrilhas especializadas em furto de bagagens.

 

ATENÇÃO AO PESO DA SUAS MALAS

O mais importante para um avião é o peso das malas! Por isso ele sempre é bem controlado.  Imagine que um avião carrega 200 pessoas, dos mais diferentes peso, mais, seu próprio peso (fuselagem), mais o combustível … Somando tudo, as malas fazem uma enorme diferença na hora de viajar.

Por isso, se a companhia aérea delimitou o peso da sua mala em 23Kg, não ultrapasse isso! Caso aconteça, vai ter que desembolsar uma grana extra para poder levar suas coisas, ou até mesmo refazer sua bagagem retirando alguns itens. 

 

NÃO ENCHA SUA MALA

 

Como já dissemos, em um intercâmbio é muito comum trazermos alguns souvenirs, para parentes, amigos e até nós mesmos. Por isso na hora de fazer sua mala, não a deixa abarrotada de coisas.

Com certeza você irá trazer objetos novos, e se não couber na sua mala, bom … Vai ter que comprar outra ou se conseguir espremer tudo pagar a mais por conta do peso da mala.

 

DÚVIDAS FREQUENTES

Separamos algumas dúvidas que mais são pergunta na hora de realizar um intercâmbio ou viagem.

Levo meu computador ou compro um novo?


Trata-se de uma decisão pessoal. Caso possua um notebook em boas condições sem
necessidade de comprar outro, traga-o, sem dúvida vai ser muito necessário para você.
Caso contrário, comprar um novo no país de destino é uma excelente opção.

Meu celular funciona no exterior?


Seu celular irá funcionar normalmente no exterior, conectado a um Wi-Fi todas suas funções estarão operando normalmente, até mesmo tendo coberturas para determinado aplicativos como, por exemplo, o Uber, onde no exterior a opção de carros são bem maiores.

O problema é quando você quer utilizar a internet na rua - o famoso, dados móveis -. Alguma operadoras oferecem serviços internacionais, mas, se os preços não te agradarem existem algumas opções que pode cogitar:

- Empresas de telefonia internacional que oferecem chips temporários de viagens, Exemplo: T-mobile;


- Operadoras especializadas em viagens que oferecem chips pré-pagos que funcionam em diversos países; algumas empresas que fazem isso são: MySimTravel, EasySim4U, Fale.Global, Travel Mobile e Flexiroam;

IMPORTANTE

Em caso de extravio de bagagem, o que faço?

1. Qualquer problema terá que ser comunicado imediatamente e por escrito à
companhia aérea, por meio do RIB – Relatório de Irregularidade de Bagagem, ainda no
aeroporto. Após deixar o aeroporto há o limite de 7 dias após o desembarque,
mas isso diminui as chances de conseguir uma indenização. Se não
conseguir preencher o RIB, utilize o SAC via e-mail para documentar sua
reclamação;

2. Caso a empresa não possa entregar sua bagagem de imediato, você deve exigir
alguma compensação financeira para comprar itens de primeira necessidade (o valor
varia de acordo com a rota e com a empresa, mas algo em torno de US$ 150 em
voos para o exterior ou R$ 380 no Brasil). Os recibos serão exigidos; se não conseguir
e tiver algum gasto, guarde os comprovantes;

3. Caso sua bagagem seja entregue com atraso superior a 72 horas de seu
desembarque, você tem direito a uma compensação financeira maior. No entanto, as
empresas têm até 30 dias (isso mesmo, inacreditável!) em voos domésticos e 21
dias em voos internacionais para localizar a bagagem antes de oficializar o extravio.
Somente após esse prazo elas começam a falar em indenização. Em todos os casos,
você tem direito a receber sua bagagem na cidade e no endereço de sua
conveniência, caso ela seja encontrada.

4. Quando a mala não é encontrada, as empresas aéreas vão calcular e oferecer uma
proposta de indenização de acordo com o peso da mala registrado no check-in. A
Convenção de Varsóvia, da qual o Brasil é signatário, estabelece o limite de US$ 20
por quilo de bagagem extraviada em voos internacionais (isso mesmo, muitas vezes
não pagará o custo da sua mala). Em voos domésticos o limite é R$ 4.200,00,
equivalente a 1.131 DES – Direito de Saque Especial / FMI (Fonte: ANAC). Nesse
caso, reclame e tente comprovar os bens e seus valores que constavam na mala
extraviada. Se não estiver satisfeito, recorra à justiça;

5. Em caso de furto, além do RIB, faça um boletim de ocorrência na delegacia,
mencionando a empresa área, o número do voo e todos os dados possíveis

CONCLUSÃO

Se fazer uma viagem de 1 semana não é moleza, imagine um intercâmbio. Em ambos os casos, se planeje, siga as dicas e você verá que estará tudo pronto rápido, em ordem e o melhor, em paz!

Intercâmbio e/ou viagem é sinônimo de felicidade, se mudar para um país novo, conhecer uma nova cultura, aprender uma nova língua, trazer experiências que nunca sairão da sua memória, por isso que todo o processo deve ser tranquilo, e não é uma mala que vai estragar tudo certo? Então #partiu fazer as malas, porque o mundo está te esperando.

  • Tags:
  • intercambio
  • dublin
  • nova iorque

#EuSouBTB

#
#
#
#